domingo, 20 de novembro de 2011

Erros

Uma vez me disseram que sou uma pessoa "toda errada". Cada dia que passa tenho mais certeza disso pelas bobagem que faço e erros que cometo com pessoas que quero bem.
Não costumo a me apegar a ninguém ou as coisas que conquistei por sempre me aparecer algo novo a ser conquistado e o que havia conseguido antes acabava não me interessando mais. Mas quando eu grudo em algo de verdade o meu medo que que isso se vá é tão intenso, tão sufocante, que ninguém aguenta isso por muito tempo. Abraço forte de mais e termino quebrando o que me faz feliz.

Acabei percebendo que isso é errado.
Na realidade, sempre tive a noção disso não ser o certo, mas nunca parava e continuava a quebrar tudo que tenho e jogar o que ganho fora.
Talvez se eu juntasse tudo, por mais bobo que pequeno que seja, eu não ficaria tão louca e apegada ao que me importa muito e isso deixaria ambos os lados menos carregados.

Creio que desta vez o erro tenha sido grande de mais e algo me diz que posso ter perdido de novo. Espero que seja somente mais uma paranoia da minha cabeça e que possa voltar atrás, fazendo tudo do jeito que deveria ter feito antes.

Enquanto espero a poeira abaixar continuarei a me remoer aqui mais um pouquinho. \ô
*Já começou a se lamentar no Blog*

3 comentários:

  1. olá, boa madrugada/ como eu gosto de dizer/ vc fez um blog bem interessante aqui hein? pelo menos para mim é, por q eu gosto de suas divagações kkkkk vc é mto doida!

    ResponderExcluir
  2. ahh, quase me esqueci eu sou o doido q gosta de Durarara lembra?!

    ResponderExcluir
  3. Fico feliz que esteja gostando do Blog *-*
    É... Talvez eu seja meio perturbada mesmo. q
    Creio que eu me lembre sim, minha cabeça é meio tensa pra lembrar de nomes, pessoas, situações...

    ResponderExcluir