sábado, 19 de novembro de 2011

Sou uma pessoa obsessiva ):

Eu gostaria muito de entender certas coisas sobre mim que qualquer um poderia levar como burrice. Como levo assim também, sempre que conto para alguém em busca de conselhos sobre minha maneira de agir, a pessoa diz: "Então pare de fazer tal coisa já que te prejudica e te deixa assim tão mal".
Só que não é fácil.
O pior de tudo é ter de aguentar quieta por saber que são bobagem e não faz sentido algum sentir-me mal por elas... Ou faz e esse seja o motivo de me sentir assim. De qualquer forma não posso ter tudo como quero. Isso me irrita muito.

Tenho três saídas:
1) Tapar meus olhos
2) Aceitação
3) Me revoltar e dizer "não" há tudo que me incomoda

Motivos por não colocar as opções em pratica:
1) Tapar os olhos em situações de extrema importância é impossível. Por mais que eu tente impor limites a curiosidade, esses limites não duram por muito tempo. É o que chamo de burrice.
2) Aceitação é a melhor saída e a que mais recorro. Pena que seja complicado de mais e a terceira saída é o que mais me agrada quando tento essa segunda.
3) É estupido, arrogante, hipócrita e ridículo de mais tentar mudar algo ou alguém. Bater o pé, chorar e ter crises não adianta de nada, apenas afastara as pessoas de você. E também, se dependesse de mim, o que me importa estaria trancado num calabouço onde somente eu teria acesso.

Loucura, não é?

Nenhum comentário:

Postar um comentário